O Maestro e a Sombra — Elisabete Christofoletti

O Maestro e a Sombra

Elisabete Christofoletti

elisabete.christofoletti@gmail.com

O Maestro João Carlos Martins, participa na av. paulista da festa da virada do ano, neste mesmo ano em que o adolescente voou.

 

Ver aquele homem, que parece-me ter tido a coragem de fazer auto crítica, que enfrentou as conseqüências de suas ações e não fugiu de si mesmo.

Vê-lo, investindo na criação das orquestras com jovens que não necessariamente tiveram formação musical, erudita, sem “berço erudito” e vê-lo emocionado ao vê-los tocar, trêmulo, insistindo ao piano e tocando, de tal forma que creio tornar nossos ouvidos almados, muito mais do que apurados para o que seus dedos com tantas dificuldade conseguem gotejar do piano. Não me preocupo de o ouvi com o ouvido ou  a audição, mas ele tocou a Ave Maria de Guiné e emocionou a todos, que silenciaram para ouvi-lo. Será que temos a mesmo coragem, de assumir nossos erros por mais horrorosos que possam ter sido?

Sem reconhecer nossos aspectos sombrios, não há luz.

tartarugas podem voar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s